Circuito do Ouro 
onde ficar
cidades

As cidades abaixo fazem parte desse circuito. As marcadas já têm matéria na Revista Idas Brasil.
 
- Ouro Preto
- Mariana
- Congonhas
- Sabará
- Ouro Branco
- Itabirito
- Santa
  Bárbara
- Santa Luzia
- Caeté
- Nova Lima
- Belo Vale
- Raposos
- Catas Altas
- Barão de
  Cocais
- Bom Jesus
  do Amparo
- Itabira
  - São
  Gonçalo do
  Rio Abaixo
- Rio Acima


Lista de Atrações de Ouro Preto:

(Clique nas fotos para ampliar)

Voltar

Interessante em Ouro Preto:











Trem Turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) : a construção do ramal de Ouro Preto foi iniciada em 1883, tendo seu prolongamento até Mariana concluído em 1914. Foi um sonho acalentado durante muito tempo, já que a locomotiva naqueles idos era um modelo de prosperidade, um marco do progresso. Tudo isso quando o ouro já não vertia mais. Era preciso substituir o sonho do ouro por outro. E o trem permitia isso. Também serviu para selar ainda mais o destino destas duas cidades, irmãs na história contada em suas estações. Restaurada em 2006, a estrada de ferro, com seus 18 quilômetros, recebe agora os turistas, que têm mais um motivo para conhecer e penetrar nos segredos de Minas.
Praça Cesário Alvim s/n - Barra
Tel: (0xx31) 3551-7705
Para maiores informações, horários e tarifas, acesse:
www.trensturisticos.fcasa.com.br

Topo


Casa da Ópera (Teatro Municipal) : o mais antigo teatro em funcionamento em toda a América Latina e o primeiro do Brasil. Erguido por João de Souza Lisboa e inaugurado em 1770. Palco privilegiado da forte teatralidade barroca mineira, onde a emergente sociedade setecentista ostentava todo o luxo e a pompa proporcionados pelo ouro. Possui 350 lugares.
Rua Brigadeiro Musqueira s/n.
Maiores informações, clique AQUI.

Topo


Mina Chico Rei (ou Encardideira) : nela trabalhou a mítica figura de Chico Rei, aprisionado e trazido como escravo da áfrica junto com sua tribo. Conta a tradição que, após muito trabalho, conquistou sua liberdade e comprou a mina. Com o ouro retirado pagou a alforria de seus súditos, tornando-se uma pessoa respeitada na antiga Vila Rica. A igreja de Santa Efigênia foi construída com ouro desta mina. A Encardideira foi uma das maiores minas de ouro, com quilômetros de túneis. Visita guiada. Entrada paga.
Rua Dom Silvério 108 (próxima à matriz N. Sra. da Conceição).
Horário: diariamente, das 8 às 18h.

Topo


Mina Fonte Meu Bem Querer : interessante mina que provavelmente pertenceu a Felipe dos Santos (ver "Liberdade"). Nela é possível constatar os veios de ouro e os vestígios de árvores (petrificadas) que existiram na região há milhões de anos. Entrada paga. Visita guiada.
Localização: próxima à capela do Padre Faria.
Horário: diariamente, das 8 às 18h.

Topo


Mina Velha : como o nome diz é uma das mais antigas minas de Ouro Preto (1704). Possui quilômetros de túneis, hoje em grande parte interditados, onde o turista pode perceber o esforço descomunal para se retirar o metal precioso da montanha. Pertenceu provavelmente a Felipe dos Santos. Pode-se ver também os veios de ocre (utilizado em pinturas) e malacacheta. é comum os moradores falarem que a cidade é um verdadeiro queijo suíço, em virtude das inúmeras minas e túneis secretos que cruzam o subsolo. Visita guiada. Entrada paga (R$5,00). Rua Santa Rita 21.
Horário: 8:30 às 17h.

Topo


Mina da Passagem : somente desta mina foram retiradas aproximadamente 35 toneladas de ouro. Um pequeno trolley (espécie de vagão com bancos), usado pelos mineiros na época da exploração do ouro, leva o turista a mais de 120 metros de profundidade.
Localização: Distrito de Passagem, que pertence à vizinha cidade de Mariana. Fica a quatro quilômetros de Ouro Preto.
Visitas guiadas: preços sob consulta. Preço especial para grupos.
Contato: (0xx31) 3557-5000

Topo


Casa de Aleijadinho : neste local, provavelmente entre os números 76 e 90, existiu a casa onde viveu o grande gênio do barroco mineiro, Antônio Francisco Lisboa.
Rua Aleijadinho (ao lado da matriz N. Sra. da Conceição)

Topo


Observatório : anexo ao Museu de Astronomia da Escola de Minas. Foi construído em 1911. Entrada paga. Visitas devem ser marcadas.

Topo


Coluna Saldanha Marinho : pilar de pedra antigamente alocado na praça da Independência (atual praça Tiradentes). Foi inaugurada em 1867. Encontra-se atualmente na Praça Cesário Alvim, em frente à Estação Ferroviária do Trem Turístico.

Topo


Voltar

Capa | Cidades | Ouro Preto


Veja Também





Apoio:

Site Oficial de Turismo de Ouro Preto (conteúdo Idas Brasil) apoiado pela Unesco

Lei Rouanet de Incentivo à Cultura

Prêmios e
reconhecimento

Anuncie aqui!


Cartões Virtuais

Indique este site

Papéis de Parede

Minas Gerais